Brasil

Enem registra o menor número de inscritos em 13 anos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou que, ao todo, pouco mais de 4 milhões de pessoas garantiram a inscrição para o Enem 2021 nas duas versões do exame, impressa e digital. Este é o menor número de inscritos dos últimos 13 anos. As inscrições foram abertas em 30 de junho e se encerraram nesta quarta-feira (14). As provas estão previstas para 21 e 28 de novembro. 

Para o professor do Instituto Federal do Rio Grande do Sul e doutor em Educação Gregório Grisa, a queda é um reflexo da decisão do governo de não garantir isenção da taxa de inscrição para quem faltou na última edição. “Esse ano, inevitavelmente, há a influência da decisão de não ter a isenção da inscrição para aqueles que não foram no Enem no ano passado. Em 2020, tivemos uma abstenção recorde, acima de 55%, o equivalente a 3 milhões de inscritos. Por falta de recursos, muitos só fazem a prova com a isenção.” 

No entanto, o professor lembra que, historicamente, o número de participantes do Enem já estava caindo. Ano passado, a queda foi grande devido ao quadro pandêmico. “Um outro fator relevante está relacionado aos jovens que não conseguiram concluir o ensino médio durante a pandemia. Não sabemos ainda o número exato de evadidos ou de estudantes que não conseguiram terminar os estudos”, afirma Gregório.  

Fonte: CNN Brasil.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo