Brasil

Prefeito suspende vacinação de detentos contra a COVID-19 em Patos de Minas

A Prefeitura de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, decidiu ignorar o Plano Nacional de Imunização e suspendeu por tempo indeterminado a vacinação contra COVID-19 de presidiários. O prefeito Luís Eduardo Falcão (Podemos) disse que “não faz sentido nenhum” a prioridade desse grupo, o que contraria a visão de especialistas.

“Realmente está previsto pelo Plano Nacional de Imunização, mas não faremos isso não. Não faz sentido nenhum as pessoas que estão na rua trabalhando desde o início da pandemia e não cometeram nenhum crime serem vacinadas depois que os presos, que estão isolados”, divulgou o gestor municipal na sua conta no Instagram.

Fonte: Estado de Minas

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo