Minas Gerais

Mulher morre esmagada por carreta após briga de trânsito no Anel Rodoviário

Uma briga no trânsito no Anel Rodoviário de Belo Horizonte, próximo ao Viaduto São Francisco, entre um motoqueiro e o motorista de uma Kombi, resultou numa tragédia: a morte de uma mulher de 49 anos, que estava na garupa do motoqueiro, que era seu marido. A moto se chocou com o carro e a mulher foi atirada debaixo das rodas de um caminhão que passava pelo local. Ela morreu esmagada.

batida ocorreu no final da tarde desta quarta-feira (23/6), na altura do KM 464, em um dos pontos mais movimentados do Anel. Segundo Boletim de Ocorrências (BO) da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o motorista da Kombi teria dado uma fechada no motociclista, que saiu atrás deste, emparelhando seu veículo e começando uma discussão.

Em dado momento, motocicleta e Kombi acabaram se chocando. A mulher se desequilibrou, caiu da moto, batendo na Kombi e foi atirada ao solo, sendo esmagada pela roda da carreta que seguia logo atrás.

Os três veículos estavam no sentido Rio de Janeiro e, em função do acidente, formou-se um grande engarrafamento, uma vez que duas pistas do Anel tiveram de ser fechadas e o trânsito passou a ser feito em apenas uma pista.

A perícia compareceu ao local e o corpo foi encaminhado para o IML. O motoqueiro e os dois motoristas, da Kombi e do caminhão, foram encaminhados ao Plantão do Detran, para prestar depoimentos.

Fonte: Estado de Minas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo