Brasil

Bolsonaro tem 15 dias para provar fraude nas eleições de 2018, decide TSE

O ministro Luís Felipe Salomão, corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu prazo de 15 dias para que o presidente Jair Bolsonaro apresente provas de que ocorreram fraudes nas eleições de 2018, como o chefe do Executivo tem alegado. A determinação também se estende a outros políticos que tenham feito acusações do mesmo teor.

Salomão também determinou que seja aberto procedimento administrativo para avaliar os riscos de fraudes no pleito de 2022, e se realmente ocorreu alguma irregularidade na votação em que Bolsonaro foi eleito. As alegações de fraude embasam pedidos do presidente para a implantação do voto impresso, em que ao votar na urna, o equipamento emitira uma cédula com o voto, que seria armazenado em um compartimento, que poderia ser aberto para auditor os resultados.

Fonte: Estado de Minas

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo