Minas Gerais

Salário de servidores: Luisa Barreto não garante pagamento em dia até 2022

Secretária de Estado de Planejamento e Gestão há menos de um mês, Luisa Barreto tenta equilibrar duas promessas de campanha do governador Romeu Zema (Novo): além da busca pela regularização dos salários do funcionalismo, a pasta conduz estudos sobre a viabilidade de privatizações de empresas públicas. 

Luisa não sabe quando o estado irá regularizar os pagamentos do funcionalismo, mas garante que a pauta é prioridade dos quadros da Secretaria de Planejamento. “Em boa medida, conseguir a regularização de salários é indicativo de melhoria da situação fiscal do estado”, projeta Luisa, em entrevista ao Estado de Minas.

Uma das ideias defendidas por Zema é a venda da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). “A Cemig já se desfaz de algumas participações de outras empresas, e tudo isso torna a empresa um pouco menor, o que facilita a gestão e a torna mais próxima do que o governo acredita”, diz a secretária.

Fonte: Estado de Minas

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo