Brasil

Rodoviários fazem paralisação e DF amanhece sem ônibus nesta segunda-feira (3/5)

Funcionários das empresas de ônibus que operam no Distrito Federal cruzaram os braços nesta segunda-feira (3/5) para reivindicar a inclusão dos rodoviários no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. A paralisação deve durar 24 horas.

Em nota, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte do Distrito Federal (Sittrater) confirmou a paralisação. “Na segunda-feira, 3 de maio de 2021, a greve vai acontecer conforme já anunciado. É o lockdown dos rodoviários para cobrar a vacinação dos trabalhadores”, afirmou. Os rodoviários esperavam um plano de inclusão dos trabalhadores na campanha de vacinação contra a covid-19, junto a profissionais da educação e segurança.

A Desembargadora Sandra De Santis, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), reconheceu o direito de greve dos trabalhadores dos serviços de transporte público e suspendeu a decisão que proibia o ato e determinava a aplicação de multa de R$ 1 milhão.

Fonte: Correio Brasiliense

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo