Brasil

Frente Nacional de Prefeitos: ‘Liminar que reabre igrejas confunde o povo’

No sábado (3), véspera da Páscoa, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Nunes Marques, determinou em caráter provisório que estados, municípios e o Distrito Federal não podem editar normas de combate à pandemia do novo coronavírus que proíbam completamente atividades religiosas presenciais, como cultos e missas.

Em entrevista à CNN neste domingo (4), o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, considerou a liminar incoerente ao momento da pandemia. “Esta liminar é um pouco extemporânea. Porque as pessoas já estão confusas. Se tem uma coisa que está faltando é a unicidade de informação”, afirmou.

“Esta decisão do ministro Nunes Marques vai contra até as orientações do Ministério da Saúde e é por isso que gera toda a confusão”, completou.

Fonte: CNN

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo