Brasil

Advogados pedem habeas corpus coletivo ao STF por ‘Bolsonaro genocida’

Um grupo de nove advogados entrou com habeas corpus coletivo no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo um salvo conduto para impedir investigações e processos contra todas as pessoas que realizarem críticas à forma como o presidente tem conduzido a pandemia da COVID-19, “inclusive por sua qualificação como ‘genocida'”. O grupo argumenta que “tal adjetivação se configura como exercício regular de direito de crítica política, decorrente do direito fundamental à liberdade de expressão e crítica”.

Fonte: Estado de Minas

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo