COVID 19

Minas tem só 130 mil doses de vacinas para COVID, sem previsão de mais

Enquanto o mundo avança na vacinação, o Brasil sofre com o plano nacional de imunização: a falta de doses. Cidades como Rio de Janeiro têm a estimativa de que o imunizante acabe hoje – municípios da região metropolitana, como São Gonçalo, Niterói e Duque de Caxias, já tiveram que interromper a vacinação – e Manaus, onde a infecção está descontrolada, a falta de imunizantes também atormenta autoridades e população. Em Minas, segundo o governador Romeu Zema (Novo), foram enviadas 1.168.060 doses para as regionais de saúde e retiradas 1.032.697 pelos municípios, deixando assim cerca de 130 mil restantes.

Durante a pandemia, foi definido que o Ministério da Saúde adquire os imunizantes para os estados e a logística de distribuição e a aplicação fica a cargo dos governadores e prefeitos. Caso as doses acabem, a pasta já afirmou que não tem posicionamento oficial sobre o envio de nova leva, ou seja, se as doses não forem recebidas, o calendário de vacinação poderá ser alterado. Os governadores marcaram reunião para amanhã com o ministro Eduardo Pazuello para definir cronograma de imunização.

Fonte: Estado de Minas

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo