Mundo

Biden ameaça reimpor sanções a Mianmar após golpe militar

O presidente norte-americano Joe Biden emitiu um comunicado avisando que os EUA poderiam reimpor sanções a Mianmar devido ao golpe militar. Na segunda-feira (1º), militares mianmarenses detiveram a conselheira de Estado e a líder da Liga Nacional para a Democracia (LND), Aung San Suu Kyi, o presidente Win Myint, e outros altos funcionários do país, alegando fraude na recente vitória da LND.

Em comunicado, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que “a comunidade internacional deve se unir em uma voz para obrigar os militares mianmarenses a desistirem imediatamente do poder que tomaram, livrarem ativistas e oficiais que detiveram, cancelarem restrições de telecomunicação e absterem-se da violência contra civis”.

Fonte: Sputnik Brasil

Thalita Mendes

Jornalista - TV Minas Brasil (Paracatu) Acadêmica de Jornalismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo