Minas Brasil

Famílias de vítimas de tragédia em creche de Janaúba esperam justiça há 3 anos

Saudade e angústia, diante de carências e da espera por uma indenização que repare danos, mas, seja qualquer valor que for, não terá capacidade de curar a dor. Ela parece interminável. Essa mistura de sentimentos resiste entre as vítimas da tragédia do incêndio criminoso ocorrido na antiga Creche Gente Inocente, em Janaúba, no Norte de Minas, que, hoje, completa três anos. Naquela manhã de 5 de outubro de 2017, o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, e portador de transtorno mental, invadiu o centro de ensino infantil e ateou fogo na sala onde estavam as crianças, provocando as mortes de 10 alunos e três adultos e deixou mais de 40 feridos. Damião também morreu.

Há dois anos, a data marca homenagem às vítimas, com atividades de lazer para as crianças sobreviventes da tragédia e seus familiares. Desta vez, devido às medidas de isolamento social para conter a transmissão do novo coronavírus, o evento deixou de ser realizado. No entanto, os efeitos da pandemia são superados pela solidariedade.

Fonte: Estado de Minas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo