Minas Brasil

Após primeira tentativa suspensa pela Justiça, Colégio Militar retoma aulas presenciais em BH

Os alunos da unidade de Belo Horizonte do Colégio Militar, instituição administrada pelo Exército Brasileiro, voltam hoje às salas de aula, em meio a uma batalha jurídica pela reabertura. Por meio de nota, o Centro de Preparação de Oficiais da Reserva e a instituição de ensino informaram que o revezamento dos alunos será mantido, e que as aulas serão retomadas “de forma gradual e segura (…), seguindo um planejamento minucioso e atendendo aos protocolos sanitários previstos no contexto da pandemia da COVID-19”. Hoje, a instituição abriu as portas para estudantes do 8º e 9º ano.

A aluna Isabella Nascimento, de 15 anos, voltou apreensiva. “Não acho que é o momento para voltar devido a situação da pandemia no país. Mas, acho que o colégio está tomando todos os cuidados”, disse a aluna do 9º ano.

Caio Arthur Lima Domingues, de 14 anos, está no 9º ano do ensino fundamental e ansioso para o primeiro dia. “Já passou da hora, tem que voltar! Não sá mais pra ficar em casa. Mas, foi avisado muito de última hora”, disse. Ele conta que se sente seguro: “confio no colégio”, completou. Ele ainda afirmou que sente falta dos colegas que não encontra desde de março e está animado.

Ontem, as famílias dos alunos receberam um comunicado com orientações sobre as medidas de proteção que os alunoas devem adotar para evitar a infecção pelo coronavírus, como usar máscara (e levar uma reserva), manter distância de 1,5 metro entre os colegas. A instituição também informa que haverá aferição de temperatura na entrada e saída das aulas e disponibilização de álcool em gel. Contato físico e empréstimos de materiais escolares, garrafas d’água e maquiagem também estão proibidos aos estudantes. 

Fonte: Estado de Minas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo