Minas Brasil

Colégio Militar de BH recua e suspende aulas presenciais

O Colégio Militar de Belo Horizonte, localizado no Bairro São Francisco (Pampulha), comunicou que vai acatar a decisão judicial, portanto suspenderá as aulas presenciais a partir desta terça-feira (22). A instituição, mesmo com o documento expedido pela Justiça, abriu suas portas nesta segunda para receber os estudantes em plena pandemia da COVID-19.

“Está suspensa, momentaneamente, a retomada das aulas presenciais dos alunos do CMBH, desde já, o que implica no cancelamento das atividades escolares presenciais a partir de 22 de setembro de 2020 (terça-feira)”, diz o comunicado.

O texto é assinado pelo coronel Régis Rodrigues Nunes, diretor do Colégio Militar de BH.

O embate judicial começou na última sexta-feira (18), quando a Justiça Federal barrou a volta das aulas presenciais, comunicadas pelo colégio nessa quarta (16). 

A decisão atendeu ao requerimento do Sindicato dos Trabalhadores Ativos, Aposentados e Pensionistas no Serviço Público Federal em Minas Gerais (Sindsep/MG).

O juiz da 3ª Vara Federal Cível de Minas, William Ken Aoki, deferiu tutela de urgência para manter o “regime de teletrabalho de todos os professores”, sob pena de multa diária de R$ 5 mil – posteriormente ampliada para R$ 50 mil por dia.

Fonte: Estado de Minas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo