Brasil

PESQUISA DA UFMG QUER SABER SE PANDEMIA AFETOU RELACIONAMENTO DOS CASAIS

Estar em casa, confinado, vivendo 24 horas por dia com as mesmas pessoas, pode ter um impacto positivo ou negativo sobre a vida conjugal. Um recente levantamento divulgado pelo Colégio Notarial do Brasil – Seção Minas Gerais (CNB/MG) mostrou que 646 casais mineiros se divorciaram em junho deste ano, o que representa uma alta de 19,4% em relação a maio, quando os cartórios em todo estado registraram 541 separações.

Foi pensando nas consequências da vida conjugal durante a pandemia de COVID-19 que pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) deram início ao projeto Amor em Tempos de Pandemia.

Até o dia 15 de setembro, pessoas que estão em um relacionamento poderão participar da pesquisa, por meio do preenchimento de formulário. A intenção, segundo a responsável pelo estudo, a doutoranda em Medicina Molecular, Lorrayne Soares, é investigar se a pandemia trouxe motivos para o rompimento de casais ou se apenas aflorou problemas preexistentes. 

FONTE: PORTAL UAI

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo