Brasil

PADRE ROBSON MOVIMENTOU SOZINHO QUASE R$ 2 BILHÕES EM 9 ANOS, DIZ MP

padre Robson de Oliveira, investigado por desvio de dinheiro da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), em Trindade, movimentou R$ 1,9 bilhão em nove anos usando empresas com nomes semelhantes à da entidade, nas quais ele era o único responsável. O Ministério Público apura se o dinheiro doado por fiéis foi desviado para compra de imóveis. O padre sempre negou qualquer irregularidade.

De acordo com as investigações do Ministério Público, a Afipe original, fundada em 2004 por Robson e que tem uma diretoria, recebeu, entre 2010 e 2018, R$ 74,8 milhões. Uma segunda associação, criada em 2009 pelo padre, recebeu R$ 255,4 milhões em nove anos. Já uma terceira entidade, também fundada pelo sacerdote, arrecadou R$ 1,7 bilhão no mesmo período.

FONTE: G1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo